sábado, 18 de fevereiro de 2017

Texto enviado por Jordana Weizenmann

| |


Eu tentei. Me distanciei de você, de tudo que me lembrava você. Exclui da minha playlist aquela música que você disse que era nossa. Me desfiz das nossas fantasias, e exclui nossas conversas. Não consegui ler as suas últimas mensagens, não tive coragem. Me pergunto
se você pediu pra mim ficar quando percebeu que eu iria ir embora. Ou se eu te fiz chorar. Bom. Me desculpe, mas eu não podia ficar, você sabia disso, mas mesmo assim não me deixou ir. Você sabia também que uma hora eu ia cansar de esperar. E eu cansei. Como eu disse, nos vemos no futuro, quando você estiver mais maduro e eu com o coração mais decidido. Mas por enquanto  tento te esquecer. E acredite ia dar certo, Depois de tantas noites olhando pro teto do meu quarto me perguntando se isso era o melhor pra nós. Eu resolvi recomeçar. E recomecei. Estava indo bem, como eu disse, apaguei você da minha vida. A única coisa que guardei foi os textos. Sou covarde, não pude jogá-los fora. Mas eles estão guardados. Protegidos longe dos meus olhos. E graças a Deus tudo isso funcionou, até que o destino decidiu brincar comigo, numa dessas brincadeiras,  achei aquela flor, aquela sua flor.E veio tudo à tona. Todos os momentos e todas as mensagens. Me segurei pra não chorar. Então sorri. Sorri, por perceber que ainda vamos nos encontrar no futuro  e talvez recomeçar juntos .

Texto enviado por: Jordana Weizenmann

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, é muito importante para mim!

© Versos da Alma - 2017. Todos os direitos reservados. Template criado por Mix Digital Design. Tecnologia do Blogger.
Imagens por Flaticon